Esporte na Infância

Jogar video game e joguinhos online como um passatempo é muito legal não é mesmo? E querendo ou não ocupam as crianças por um tempinho para os papais poderem colocar seus afazeres em dia…Mas não podemos nos esquecer da importância de praticar atividades físicas, essenciais para o desenvolvimento físico e mental dos pequenos. O esporte na infância além de significativo pode ser um hobby.

Segundo especialistas a prática de atividades físicas é recomendada pelos médicos, os exercícios ajudam no desenvolvimento físico e mental, ajudando no crescimento físico e intelectual, de forma saudável. Por estes fatores, é indicado estimular estes hábitos introduzindo na rotina das crianças, de forma com que elas não se sintam obrigadas a praticarem, tornando algo chato, o ideal é que seja prazeroso como uma brincadeira, tornando um hobby saudável.

Neste mesmo sentido, não espere que o pequeno seja o melhor da turma ou o destaque naquela modalidade. A criança deve se sentir confortável, se dedicar  e também reconhecer quando seus colegas podem estar mais avançados como também ter compreensão com os mais lentos, podendo até mesmo ajudar os amigos quando possível.

A natação, dança, judô, bike são alguns dos exemplos que eles podem praticar e  evoluir, abrangendo outras práticas com o tempo, conforme for a aceitação e seu desenvolvimento. As mamães e os papais também podem acompanhar em atividades que é possível praticar em conjunto, motivando e tornando o momento mais divertido.

Atividades como corrida, vôlei, futebol, além de divertidas também auxiliam no desenvolvimento, e são ótimos para substituir os jogos online, tão requisitado ultimamente.

Além das condições fisiológicos e motores, o esporte tem a capacidade de ensinar à criança a lidar e se relacionar com colegas adversários, desenvolver valores e respeito ao próximo, aprender a conviver com conquistas e frustrações, conhecendo seus limites e suas potencialidades.

Lembrando que o ideal é sempre consultar seu pediatra, seguindo suas recomendações.

Vamos incentivar nossos pequenos?!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *